A profissão de enfermeiro é, sem dúvidas, uma das mais bonitas que existem no mundo. Escolher cuidar da saúde e do bem estar de um paciente é algo que deve ser respeitado quando é algo feito com amor.

Então se você tem interesse pela área e tem o sonho em se tornar um, já pode começar a pesquisar onde comprará seu pijama cirúrgico e continuar lendo a seguir para aprender.

O que faz um enfermeiro

O trabalho do enfermeiro tem como base o cuidar das pessoas. O seu principal objetivo é garantir conforto e bem estar durante todo o tratamento, independentemente de qual seja a sua área de atuação.

Entre todas as suas funções, estão: cuidado com os pacientes, comunicação entre os mesmos e os médicos, administração de medicamentos e realização de curativos.

Os enfermeiros podem trabalhar em órgãos como hospitais, postos de saúde e clínicas, mas podem também atuar em empresas e prestar atendimento na residência de pacientes idosos e pessoas com necessidades especiais, que é uma modalidade conhecida como “home care”.

Como se tornar um enfermeiro

No Brasil, a profissão de enfermeiro é regulamentada por lei. E para seguir essa carreira, é necessário fazer um curso de graduação em Enfermagem em uma instituição de ensino superior autorizada pelo MEC.

Após estar com o diploma em mãos, o enfermeiro precisará obter registro no Conselho Regional de Enfermagem (Coren) de seu estado.

O curso de Enfermagem

O curso de Enfermagem é um bacharelado com a duração de quatro anos, e contém a grade curricular quase toda formada por disciplinas de Ciências Biológicas, como:

  • Anatomia;
  • Atendimento Pré-Hospitalar;
  • Psicologia;
  • Farmacologia;
  • Saúde Coletiva;
  • Parasitologia;
  • Enfermagem Obstétrica;
  • Saúde da Mulher.

Além de outras matérias voltadas às Ciências Humanas e Sociais, como Administração, Psicologia e Sociologia.

A partir do segundo ano, o aluno começa a atender pacientes. Nas licenciaturas, o currículo ainda contempla disciplinas voltadas para a prática de ensino. No fim do curso, a apresentação de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é obrigatória, bem como o estágio.

Mercado de trabalho e remuneração na área de Enfermagem

Com relação ao mercado de trabalho, no Sul e no Sudeste do País se encontram a maior quantidade de hospitais e centros de saúde. Porém, são também as regiões onde existem mais profissionais de Enfermagem se formando todos os anos, então é importante se especializar para conseguir destaque no mercado. E são muitas as opções, sendo algumas delas:

  • Enfermagem Obstétrica;
  • Enfermagem Oncológica;
  • Auditoria em Enfermagem;
  • Enfermagem Cardiológica;
  • Enfermagem Domiciliar;
  • Enfermagem em Centro Cirúrgico;
  • Enfermagem em Cuidados Intensivos (UTI);
  • Enfermagem Dermatológica e Estética;
  • Enfermagem do Trabalho.

Quanto à remuneração, segundo o site de empregos Catho, o salário médio de um enfermeiro é de R$ 3.000. Entretanto, com uma especialização o profissional pode chegar a ganhar mais. Quem se especializa em Enfermagem Oncológica, por exemplo, pode ganhar até R$ 4.500, e um enfermeiro com MBA em Gestão, Auditoria e Acreditação dos Serviços de Saúde, pode chegar a alcançar o patamar salarial de R$ 9.000.

Além de todas essas especializações citadas, Neonatal Saúde Pública também são duas áreas muito procuradas por hospitais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *